É preciso estar constantemente ligado a Deus. Especialmente por Sua Palavra. É ela quem deve aconselhar, inspirar nossos projetos e nossas alianças (contatos, amizades, relacionamentos…) Como adverte o profeta Isaías, no capítulo 30, versículo 1: “Ai dos filhos rebeldes. Eles fazem projetos, mas não vindos de mim! Eles formam alianças, mas não sugeridas pelo Meu Espírito, e assim, acumulam pecado sobre pecado”.

Se nossos projetos e alianças não têm a bênção de Deus, não brotam do Seu coração, corremos o grave risco de um dia olhar para trás e não enxergando a mão de Deus que poderia ter nos guiado, entregar-mo-nos à frustração, ao sentimento de que nada valeu ou não vale à pena.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!