Sempre escutei que o louvor liberta. Sim, de verdade o louvor liberta, pois quando louvamos, indicamos que Deus está acima da situação, do acontecimento ou da pessoa diante da qual louvamos a Deus.

Quando, diante de uma enfermidade ou diante de um acontecimento ruim louvamos a Deus, estamos dizendo para a enfermidade e para o acontecimento, que Deus é maior. Quando louvamos a Deus por alguém que nos fez um mal, nos libertamos dos efeitos negativos que a mágoa produz em nosso coração.  Não por acaso, tantos salmos, como o salmo 144, nos diz: “Que vossas obras, ó Senhor, vos glorifiquem, e os vossos Santos com louvores vos bendigam! Narrem a glória e o esplendor do vosso reino e saibam proclamar vosso poder!” 

Seja lá o que esteja acontecendo, louve a Deus. A libertação virá!

Edson Oliveira