A aproximação do Natal, está longe do seu real sentido. Hoje o Natal é simbolo de papai noel, presentes, praia e descanso. Tudo é isso bom. Mas a essência do Natal consiste na vinda de Jesus. Vinda esta, que aconteceu uma primeira vez e que, de acordo com Sua promessa, acontecerá uma segunda e definitiva vez em tempo desconhecido até mesmo do próprio Jesus; apenas do conhecimento do Pai. Na carta a São Tiago, capítulo 5, versículo 7, São Paulo diz: “Ficai firmes até à vinda do Senhor. Vede o agricultor: ele espera o precioso fruto da terra e fica firme até cair a chuva do outono ou da primavera”.

A orientação de São Paulo é para que fiquemos firmes até esta segunda e definitiva vinda de Jesus. Natal é sim tempo de alegria, de troca de presentes, de descanso… Mas tudo isso não pode nos tornar indiferentes, frios, relapsos ao essencial, que é estarmos firmes diante da possibilidade do Senhor voltar a qualquer momento. Sim, porque ou Jesus voltará ou nós iremos para Ele. Desta segunda vinda, ninguém escapará. Portanto, a firmeza pedida por São Paulo a São Tiago, é para que, ao voltar, Jesus não nos encontre perdidos no vazio de simplesmente considerar Sua vinda, um ato de nos presentearmos, desejarmo-nos feliz Natal, sem sentido, vazio, meramente formal.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!