É preciso viver como se fôssemos morrer…

O livro bíblico de Tobias, no capítulo 4, versículos 1 e 2, conta que “Tobit, julgando que sua prece tinha sido atendida e que ia morrer, chamou junto de si o seu filho e disse-lhe: Ouve, meu filho, as palavras que te vou dizer, e faze que elas sejam em teu coração um sólido fundamento”. Era um momento muito difícil que ele passava. Homem temente a Deus, de uma excelente posição social, era procurador do rei, fazia o bem a todos e por isso muito respeitado e admirado; mas acometido pela cegueira, já não tinha por perto tantos amigos, nem o bom emprego, tendo assim sua esposa que trabalhar. Sua esposa mesmo o questiona de que valeu tanto bem praticado. Tobit chega no limite da dor e da humilhação, perdendo o sentido da vida, mas põe-se em oração e em seguida, certo de que ia morrer, dá conselhos e orienta o filho Tobias em todo modo de proceder daquele momento em diante.

O livro de Tobias inteiro é maravilhoso e recheado de manifestação de Deus. Mas diante deste fato vivido pelo pai de Tobias, o Tobit, tiro três lições importantes:

É preciso viver como se fôssemos morrer;

É preciso estar com tudo em ordem (relacionamentos, vida espiritual e material) todos os dias;

É preciso ter consciência que qualquer dia, pode ser o dia da nossa partida;

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *