Há uma pergunta que com frequência me faço: O que meus filhos ouvirão falar de mim? E penso que todo pai deveria se questionar sobre isso. E nesse questionamento, comprometer-se a ser referência para os seus filhos. Por estes dias, li no livro de Tobias, capítulo 9, versículo 9, a fala de Gabael que era amigo de Tobit, o pai de Tobias: “Que o Deus de Israel te abençoe, disse ele, porque és filho de um homem de bem, justo, piedoso e caridoso”. Fico a imaginar a alegria de Tobias ao ouvir isso sobre o pai dele: “um homem de bem, justo, piedoso e caridoso”. Também imagino a tristeza que seria para Tobias ouvir o contrário disso.

O certo é que precisam os pais, serem homens de bem, justos, piedosos e caridosos, a exemplo de Tobit, pai de Tobias, primeiro por amor e temos a Deus, mas também, para que os filhos sintam orgulho e não vergonha ao ouvirem falar dos pais. É preciso cuidar daquilo que chegará aos ouvidos dos nossos filhos sobre nós. E o que chegará aos ouvidos dos nossos filhos será aquilo que semearmos hoje e que farão deles, homens de bem.

A melhor referência para um filho, precisa ser o pai!

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!