Como conseguir com que o que fazemos exteriormente produza frutos?

São João em sua primeira carta, no capítulo 2, versículo 27 nos ensina: “Quanto a vós, a unção que dele recebestes permanece em vós. E não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a Sua unção vos ensina todas as coisas, assim é ela verdadeira e não mentira. Permanecei nele, como ela vos ensinou”. Fica claro então, que uma vez que fomos ungidos pelo Senhor, Seu Espírito permanece em nós. E é nesta unção que precisamos confiar, pois a unção nada mais é do que o poder do Espírito Santo impregnado naquele que O clama a Deus de coração.

Na Bíblia de Jerusalém, há uma informação importante a respeito deste versículo 27: “Os cristãos são instruídos pelos apóstolos, mas a sua pregação exterior somente atinge as pessoas pela Graça do Espírito”. Ora, isto reafirma que é preciso pedir o auxílio do Espírito Santo em todos os momentos, todos os dias, várias vezes ao dia, para ser envolvido, literalmente “coberto por Sua sombra” como Maria foi. Somente assim, tudo que fizermos exteriormente terá eficácia, produzirá frutos; desde uma pregação, uma conversa, um gesto, um problema a resolver, algo a solucionar…

Pela unção do Espírito Santo, o que fazemos permanece em Jesus. É Ele fazendo em nós. Por isso produzirá frutos.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *