Por muito tempo fiquei a me perguntar o porque tantas pessoas que prestam serviço de evangelização, na Igreja Católica ou evangélica, abandonam. E descobri que o problema está, quando nos deparamos com uma dura realidade: Não é fácil servir. Porque na verdade, quando nos engajamos em uma missão religiosa, nos declaramos servos de Deus. E servir a Deus é fácil e é muito bom. Deus não critica, não aponta defeitos, não zomba, não faz fofoca… Já as pessoas, ah! as pessoas! Elas criticam, apontam defeitos, zombam, fazem fofoca… Então, aí está o motivo pelo qual, muitos que querem evangelizar, fazer um serviço religioso, abandonam a missão. Para entender melhor, leia o versículo um, do capítulo 5 da carta aos hebreus: “Todo sumo sacerdote é tirado do meio dos homens e instituído em favor dos homens nas coisas que se referem a Deus”. O sumo sacerdote – aquele que presta um serviço religioso é  “instituído em favor dos homens”. Na verdade, ele é servo dos homens. E aqui não tem como escolher a pessoa, nem escolher o jeito que ela é. A missão é “em favor dos homens”. Se você tem uma missão religiosa, que tal olhar diferente e tomar posse de que a sua missão é servir a Deus nos homens?

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!