Há uma canção conhecida por “Modinha para Gabriela“, que foi composta por Dorival Caymmi, em 1975, e que ficou notabilizada na voz de Gal Costa. Nesta, diz o refrão: “Eu nasci assim, eu cresci assim, e sou mesmo assim, vou ser sempre assim: Gabriela, sempre Gabriela!” Passados mais de 40 anos, nada contra a canção citada, mas há quem não somente a cante, mas que a tenha como verdadeiro lema de vida, quando diante de situações onde haveria de se curvar e ao menos tentar ser e agir diferente, o diga como no refrão: “Eu nasci assim, eu cresci assim, e sou mesmo assim, vou ser sempre assim…”

Diante disso é que temos a famosa “síndrome de Gabriela”, que nada mais é do que não querer mudar ou ao menos tentar mudar. A pessoa vive num estado de letargia que a leva a não crescer profissionalmente, nem espiritualmente, nem na vida familiar. Pessoas assim, perdem oportunidades, vivem cansadas de si e dos outros.

É tempo de mudar! É hora de crescer! Por isso, trago a você esse curso sobre os temperamentos. Uma oportunidade de crescer, se conhecer, conhecer o outro e o principal: Mudar. E quando a gente muda, nosso mundo muda!

Informações sobre o curso estão no cartaz.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!