Não podemos deixar de querer crescer

Jesus fala nesse versículo, que o Reino de Deus “é semelhante ao grão de mostarda que um homem tomou e semeou na sua horta, e que cresceu até se fazer uma grande planta e as aves do céu vieram fazer ninhos nos seus ramos” – Lucas 13, 19.

Não podemos deixar de querer crescer, de querer ser grande. Se ao grão de mostarda, tão minúsculo, é dada essa possibilidade de se tornar uma grande árvore frondosa que abriga aves e ninhos, muito mais a nós, que somos filhos de Deus.

Onde quer que formos lançados, não permaneçamos grão de mostarda, mas nos tornemos àrvores que produzem frutos.

Edson Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *