Desenvolvendo a autorresponsabilidade

“Jesus viu uma numerosa multidão e teve compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor. Começou, pois, a ensinar-lhes muitas coisas. Quando estava ficando tarde, os discípulos chegaram perto de Jesus e disseram: ‘Este lugar é deserto e já é tarde. Despede o povo para que possa ir aos campos e povoados vizinhos comprar alguma coisa para comer’. Mas Jesus respondeu: ‘Dai-lhes vós mesmos de comer‘”. Marcos 6, 34-37

Os discípulos de Jesus, diante de uma multidão faminta, optaram pela solução mais fácil: despedir, mandar embora as pessoas. De fato, seria menos trabalhoso, daria menos dor de cabeça e seria mais cômodo. Jesus opta pela autorresponsabilidade, ao dizer aos discípulos, “Dai-lhes vós mesmos de comer”.

A autorresponsabilidade é uma habilidade extremamente importante. E pode ser aprendida. Note que, a maioria das pessoas, têm a tendência de transferir a culpa. Essa é uma ação muito comum em nossa sociedade. A maioria de nós faz isso sem perceber. É muito difícil para algumas pessoas, assumirem a responsabilidade pelo que acontece, sejam esses acontecimentos positivos ou negativos. Diante da multidão, seria de fato, mais prático dizer: “estão aqui porque quiseram vir”, “ninguém os obrigou a vir”, “por que não trouxeram ao menos um lanchinho?”

Culpar eventos que não estão sob seu controle ou outras pessoas, não vai resolver nada. Em família, no trabalho, nas relações humanas em geral, autorresponsabilidade precisa ser treinada, sob pena de vivermos numa “bolha” de egoísmo e egocentrismo.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *