Você tem disciplina financeira?

É preciso disciplina para realizar um planejamento financeiro

Nós trabalhadores, professores, funcionários públicos, estudantes, somos, muitas vezes, acometidos por crises financeiras. Faltam contas sem pagar e sobram necessidades. O dinheiro parece que acaba antes do mês acabar.

Verdadeiramente, isso é um mal muito comum. Não é de hoje que estamos vivenciando uma crise econômica no Brasil, que começa a dar passos de forma muito lenta. Qual o papel do homem e da mulher que tem fé? Como administrar suas econômicas mês a mês? Diz a Bíblia que “um filho sábio ama a disciplina (Prov. 13,1)”. A disciplina financeira é essencial nesse tempo. Seguem alguns fatores cruciais para alcançar a disciplina e organização financeira.

Orçamento pessoal

O Orçamento Pessoal é uma tarefa que teve por origem o que as empresas fazem anualmente ao orçar suas despesas, seu Budget (do inglês, orçamento), sua previsão orçamentaria. Tal ferramenta, de forma simplificada, significa precificar seus gastos antecipadamente, colocar uma meta para cada item do seu orçamento mensal e anual. Quanto posso gastar a cada mês com lazer? Quanto posso gastar com combustível e outros gastos com transporte? Essa pergunta pode ser repetitiva, mas é uma armadilha que tem atingido muitas famílias. Para podermos responder, não podemos recorrer a nossa cabeça, às contas em nossa memória; precisamos de números, de cifras e cálculos. Para alcançá-los, vamos adiante no raciocínio.

Aplicativo, planilha ou caderninho

Qual aplicativo de celular ou planilha você tem alimentado com suas despesas diariamente? Se você não faz isso, ao menos tenha um caderno, pois ele também funciona com uma calculadora ao lado. Sem estes, digamos, é quase impossível manter uma disciplina, cortar gastos desnecessários ou comemorar as vitórias financeiras. Deus abençoe aquele que se organiza! Claro, Deus abençoa a todos, mas o que faz a sua parte disporá de bênção ainda maior, pois fez seu dever de casa.

Momento do planejamento financeiro

O terceiro e último passo talvez seja o mais difícil. Faça das suas finanças um momento leve, sem estresse, por mais que esteja difícil pagar as contas do financiamento, da faculdade, dos funcionários etc. É preciso ter fé em Deus, acreditar na providência que nada deixará faltar, pois o Senhor tem cuidado dos seus filhos desde todo o sempre. Acredite, Deus não vai o deixar na mão. Consagre, hoje, agora, todos os seus bens a Deus, como fez Jacó com seus rebanhos, terras, servos etc. Também procure, baseado na fé, levar com leveza as dificuldades financeiras. Você não é o único que passa por isso. Você vai vencer. Se não consegue poupar nada, volte aos passos um e dois acima, organize-se e ponha uma ferramenta financeira (caderno, app. de celular ou planilha) e consagre a Deus seu planejamento financeiro.

O filho sábio ama a disciplina. Ao entrar num shopping, saiba exatamente quanto você pode gastar. Não se deixe levar pelas emoções, porque elas podem o trair. As promoções e campanhas de marketing são feitas para “arrancar” sua grana a menor distração. Seja forte, seja fiel ao seu orçamento.

Compartilhe de suas metas financeiras com seu amigo fiel, com sua esposa/esposo, com seus pais e filho. Peça ajuda. Deus tem cuidado de você!

Fonte: portal cancaonova.com – Bruno Cunha, Economista, Professor e Missionário da Comunidade Canção Nova

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *