Você conhece as pessoas com as quais você convive?

“Disse Filipe: ‘Senhor, mostra-nos o Pai, isso nos basta!’ Jesus respondeu: ‘Há tanto tempo estou convosco, e não me conheces, Filipe? Quem me viu, viu o Pai. Como é que tu dizes: Mostra-nos o Pai’”?  João 16, 8-9

A pergunta feita por Jesus a Filipe, chega a ser constrangedora: “Há tanto tempo estou convosco, e não me conheces, Filipe?” – Justamente porque Filipe estava a muito tempo caminhando e convivendo com Jesus. Filipe perdeu naquele, dia, uma boa oportunidade de ficar calado. Pois o mínimo que se espera de alguém que convive conosco, é que esta pessoa nos conheça, saiba o que nos agrada ou não, entenda nossas ações e reações…

Corremos o mesmo o risco que Filipe: De convivermos com as pessoas, mas não conhecê-las. Sobretudo, neste mundo tecnológico em que vivemos, onde temos tantos “amigos”. Mas o fenômeno de não conhecer as pessoas, não se dar somente nas redes sociais. Em casa, no trabalho, na escola, na faculdade… Será que conhecemos aqueles que convivem conosco? Obviamante, não tem como conhecer em profundidade a todas as pessoas com as quais convivemos. Mas algumas sim. Basta darmos um pouco de atenção, “perdermos” um pouco de tempo em um cafezinho por exemplo. Falando em cafezinho, que tal fazer isso?

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *