Não enfrenteis quem é malvado!

“Ouvistes o que foi dito: ‘Olho por olho e dente por dente!’ Eu, porém, vos digo: Não enfrenteis quem é malvado! Pelo contrário, se alguém te dá um tapa na face direita, oferece-lhe também a esquerda!” Mateus 5, 38-39

Não dar ouvidos à voz de quem é malvado: eis um desafio imenso para quem deseja seguir a Deus. O malvado por excelência é o diabo. A Igreja Católica, não por acaso, no ato oficial de renúncia, especialmente por ocasião do Batismo, nos pergunta: “Renunciais a satanás, que é o autor do mal e pai da mentira?” Fazendo isto, espera-se que a pessoa, por este ato, deixe a maldade, por ela não seja conduzida, dando ouvidos assim, à voz de Deus e não a outras vozes vindas do malvado; de fato, o malvado por vezes tenta nos seduzir, utilizando-se de vozes conhecidas para nos convencer.

Diante de vozes que nos insitam a praticar o mal, é preciso primeiro renunciá-las, dizer-lhes não; e em seguida, agir de forma contrária. Um exemplo prático, é cumprimentar, ainda que sem vontade, aquela pessoa, que quando a vemos, uma voz nos diz: “ignora, finje que não viu, disfarça e passa direto…” Acredite, tal atitude fará com que você, não se torne igual ou pior àqueles que se deixam conduzir pelo malvado.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *