E se todos tratassem a todos como queriam ser tratados?

Todos queremos ser bem tratados. Não há quem não goste de ser bem atendido, bem recebido em um lugar. Um sorriso, um bom gesto, faz um bem enorme a qualquer pessoa.

Mesmo assim, há marido que, pelo fato de só ele trabalhar, acha que a mulher tem que cuidar de tudo na casa sozinha, sem dar um elogio. Há filho, que acha que o pai e a mãe, tem a obrigação de fazer tudo e não receber um muito obrigado. Há pai e mãe, que por serem provedores, esquecem de fazer um carinho nos filhos. Há pessoas que ao chegarem em um comércio, destratam funcionários, como se estes, tivessem que serví-lo e tolerar mal educação e grosseiria. Tudo que foi apontado aqui, só é praticado por quem não entende esse ensinamento de Jesus: “Tudo quanto quereis que os outros vos façam, fazei também a eles”. Mateus 7, 12a.

Já imaginou se em casa, no trabalho, na escola, na rua… todos tratassem a todos como queriam ser tratados?

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *