Esperança – Certeza de que o futuro tem condições melhores que o presente.

Recentemente, li um artigo publicado pelo Cardeal Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, onde dizia que “a palavra esperança vem do latim: sperare. Sentimento que leva o homem a olhar para o futuro, considerando-o portador de condições melhores que as oferecidas pelo presente, de tal sorte que a luta pela vida e os sofrimentos são enfrentados como contingências passageiras na marcha para um fim mais alto e de maior valor”. https://bit.ly/2LyQrbD

Tal característica é nítida em Maria Madalena, celebrada como Santa pela Igreja Católica e que, conviveu com Jesus. Dela, o evangelista São Lucas, faz menção no capítulo 8, versículo 2, pela primeira vez: “Maria, chamada Madalena, da qual saíram sete demônios”. E o evangelho de São João, conta que “no primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus, bem de madrugada, quando ainda estava escuro, e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo”. João 20,1

Maria Madalena, apesar da história sofrida, aprendeu a cultivar o sentimento da esperança, esse “olhar para o futuro, considerando-o portador de condições melhores que as oferecidas pelo presente, de tal sorte que a luta pela vida e os sofrimentos são enfrentados como contingências passageiras na marcha para um fim mais alto e de maior valor”. A Bíblia não diz com detalhes o que seriam estes 7 demônios que saíram de Maria Madalena, mas por dedução entendemos que esta mulher passou por muitos sofrimentos. Mas mesmo assim, não perdeu a esperança. Não ter esperança é não ter sentido para a vida. A esperança moveu Madalena a ir ao túmulo numa madrugada escura e certamente fria e sozinha, porque havia nela a certeza de que a promessa de Jesus, de que ressussitaria, iria se cumprir.

Esperança não é comodismo, nem poesia. Esperança é algo concreto. É acreditar e ir atrás. Madalena acreditou que Jesus ressucitaria. O que fez então? “foi ao túmulo de Jesus, bem de madrugada, quando ainda estava escuro“. Portanto, ter esperança é acreditar e ir atras daquele emprego, daquele sonho. É fazer a sua parte. É por o seu melhor sorriso, sua melhor vontade, seu melhor em tudo e tentar ainda que muitas vezes, pois esse momento difícil vai passar.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *