A importância do feedback

“Naquele tempo, Jesus foi à região de Cesaréia de Filipe e ali perguntou a seus discípulos: ‘Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?’ Eles responderam: ‘Alguns dizem que é João Batista; outros que é Elias; outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas’. Então Jesus lhes perguntou: ‘E vós, quem dizeis que eu sou?’” Mateus 16, 13-15

Interessante perceber a titude de Jesus em querer saber o que as pessoas diziam, pensavam sobre Ele e também seu desejo de saber o que aqueles que caminhavam com Ele, que lhes eram mais próximos pensavam e falavam d’Ele. O nome disso é feedback. De forma bem simples e objetiva, feedback é pedir um retorno de como estamos, de como esta pessoa nos vê. O feedback é uma via de mão dupla. É importante que aqueles que dão feedback treinem-se sobre como fazê-lo efetivamente. Mas é igualmente importante que todos aprendam como receber feedback de maneira eficaz. Para Jesus, era importante avaliar naquele momento, como Sua mensagem e Sua missão estava sendo compreendida.

A palavra feedback vem do inglês, e representa a junção de feed (alimentar) e back (de volta), ou seja, essa tradução pode ser tida como o ato de realimentar, dar resposta a uma atitude ou comportamento. Em outras palavras, o conceito de feedback é definido como a comunicação feita entre duas ou mais pessoas, na qual uma delas é avaliada pelos demais com relação às suas ações, comportamentos, tarefas, entre outros.

Basicamente, esse conceito é aplicado quando uma pessoa conta à outra o que acha sobre a sua performance e como ela pode torná-la melhor. Isso faz com que o desempenho melhore, e que a pessoa descubra algo que ela nunca percebeu.

O feedback pode  ser considerado como uma ferramenta , que se usado como uma forma de prevenção elimina  possíveis problemas futuros que poderiam evoluir. O objetivo maior do feedback é colaborar para que as pessoas melhorem seu desempenho (ao longo do tempo) por meio de orientações e dados fornecidos para permitirem um reposicionamento de ações em nível de eficiência e excelência.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *