Ser humilde não é comportar-se como um coitadinho

“Quando tu fores convidado para uma festa de casamento, não ocupes o primeiro lugar. Pode ser que tenha sido convidado alguém mais importante do que tu, e o dono da casa, que convidou os dois, venha te dizer: ‘Dá o lugar a ele’. Então tu ficarás envergonhado e irás ocupar o último lugar”. Lucas 14, 8-9

O conselho citado acima, foi dado por Jesus e cabe evidentemente, não somente para uma festa de casamento, mas para qualquer situação. A intenção d’Ele era chamar a atenção para a humildade. Ter um comportamento humilde diante de outros. Ou seja: ter a capacidade de agir com simplicidade, sem arrogância, prepotência ou soberba. Ser humilde é também ser simpático, acessível com as pessoas e situações. A origem da palavra humildade vem do latim humilitas, que significa “pouca elevação”. Em resumo, o que Jesus disse foi que a pessoa humilde não sente necessidade de querer aparecer, pois sabe quem é e o espaço que ocupa. E justamente por ser assim, não será envergonhada. Por outro lado, ser humilde não é comportar-se como um coitadinho e ficar pelos cantos. Mas justamente por reconhecer seu valor e seu espaço, a pessoa não sente necessidade de reconhecimento ou destaque; isso lhe vem naturalmente, justamente por se comportar como ela é.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Um comentário sobre “Ser humilde não é comportar-se como um coitadinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *