Autoridade – Coerência entre o que se fala e o que se vive

Sobre a forma como Jesus falava, o evangelista São Lucas nos conta que “as pessoas ficavam admiradas com o seu ensinamento, porque Jesus falava com autoridade“. Lucas 4, 32

Podemos aqui, observar a diferença entre autoridade e poder: poder se baseia em força. Já autoridade, se baseia, no carisma pessoal, no reconhecimento que uma pessoa recebe, pelo seu comportamento. O poder deseja a submissão; já a autoridade, tem como objetivo o bem da pessoa, o seu crescimento. Diante do poder, o ouvinte pode sentir medo. Diante de quem tem autoridade, quem lhe ouve sente confiança e ânimo.

Autoridade é o contrário de imposição. Vem do latim “augere”, que significa aumentar, elevar, sustentar… Falar com autoridade não é falar grosso, falar alto ou com agressividade; quem assim faz são os autoritários que querem se impor, querem mostrar poder. Na prática, autoridade não se impõe, se conquista pela coerência entre o que se fala e o que se vive.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *