O que fazer diante das críticas?

“Veio João Batista, que não comia pão nem bebia vinho, e vós dissestes: ‘Ele está com um demônio!’ Veio o Filho do Homem, que come e bebe, e vós dizeis: ‘Ele é um comilão e beberrão, amigo dos publicanos e dos pecadores!'” Lucas 7, 33-34

Realmente, é impossível agradar a todos. Jesus deixa isso bem claro, ao comparar Ele mesmo com Seu antecessor, João Batista. João vivia no deserto, não se misturava com as pessoas, tinha uma vida austera e falava com severidade – e por esse jeito de ser foi criticado. Jesus vivia desde menino com aquelas pessoas, ali nasceu, brincou, cresceu, trabalhou, era amável no falar e gostava de estar presente na vida das pessoas – e também por esse jeito de ser era criticado.

Tanto João como Jesus tinham um jeito de ser próprio, sabiam quem eram e tinha clareza de suas missões. Por isso, em nenhum momento se lamentam das criticas que recebiam. Quando nos conhecemos e temos convicção do que fazemos, as críticas que nos vêm, não nos derrubam; se as críticas recebidas têm feito você desistir de algo, é porque na verdade, nem você sabe o que está fazendo.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *