Unidos a Deus, o que for que se levante contra nós, será destruído.

O livro do profeta Daniel, no capítulo 2, versículos de 31 a 35, narra – nos que o Rei Nabucodonosor teve um sonho e pediu que Daniel o interpretasse:

“Tu, ó rei, olhavas, e pareceu-te ver uma estátua grande, muito alta, erguida à tua frente, de aspecto aterrador. A cabeça da estátua era de ouro fino, peito e braços eram de prata, ventre e coxas, de bronze; sendo as pernas de ferro, e os pés, parte de ferro e parte de barro. Estavas olhando, quando uma pedra, sem ser empurrada por ninguém, se desprendeu de algum lugar, e veio bater na estátua, em seus pés de ferro e barro, fazendo-os em pedaços; então, a um só tempo, despedaçaram-se ferro, barro, bronze, prata e ouro, tudo ficando como a palha miúda das eiras, no verão, que o vento varre sem deixar vestígios; mas a pedra que atingira a estátua transformou-se num grande monte e encheu toda a terra”.

O profeta Daniel encerra a interpretação do sonho, acrescentando que, “no tempo desses reinos, o Deus do céu suscitará um reino que nunca será destruído, um reino que não passará a outro povo; antes, esmagará e aniquilará todos esses reinos, e ele permanecerá para sempre. Quanto à pedra que, sem ser tocada por mãos, se desprendeu do monte e despedaçou o barro cozido, o ferro, o bronze, a prata e o ouro, o grande Deus faz saber ao rei o que acontecerá depois, no futuro”. Daniel 2, 44-45.

Se estivermos unidos a Deus, pode se levantar o que for, do tamanho que for, do aspecto que for… Deus mesmo o destruirá, a exemplo desta pedra, que sem ser empurrada por mãos humanas, se desprendeu e destruiu aquela enorme estátua que estava à frente do Rei Nabucodonosor no sonho.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *