Aproprie-se da unção!

“Quanto a vós, a unção que dele recebestes permanece em vós. E não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, assim é ela (a unção) verdadeira e não mentira. Permanecei nele, como ela (a unção) vos ensinou”. 1 João 2, 27

São João por 4 vezes nos trás a palavra unção, mostrando-nos seus efeitos em nós:

1°- A unção vem de Deus. Ele é quem nos unge: “Quanto a vós, a unção que dele recebestes permanece em vós”.

2°- A unção tem o poder de nos ensinar todas as coisas: “E não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas…”

3°- A unção é verdadeira. Não é mágica, não é invenção: “assim é ela (a unção) verdadeira e não mentira”.

4°- Pela unção permanecemos em Deus, não nos desviamos: “Permanecei nele, como ela (a unção) vos ensinou”.

Unção é um termo com origem no latim “ungere” que significa “untar”. Mashach (‘ungir’) dá origem a Mashiach (mâshiyach ou meshiycho, em hebraico; ou meshïhã, em aramaico), que quer dizer ‘ungido’, como eram os reis, juízes, profetas e sacerdotes no AT. Também passou a ser usada para Messias, משיח, o Ungido (grego: Cristo, Christòs, Χριστός), o esperado salvador ou libertador de Israel.

Religiosamente falando, uma pessoa ungida está sob proteção Divina. A unção pode curar uma enfermidade física ou espiritual. No Antigo Testamento, a unção também tinha motivos religiosos. A coisa ou a pessoa ungida era abençoada e escolhida por Deus para cumprir um propósito especial. Ungir, significava que algo ou alguém, literalmente teve óleo derramado sobre si. A unção é portanto, como um escudo que nos cobre por inteiro para que o maligno não tenha poder de nos tocar. Além disso, a unção simbolizava capacitação para o serviço, e é associada ao derramamento do Espírito de Deus, como descrito no primeiro livro de Samuel, capítulo 16, versículo 13: “Samuel tomou o chifre de óleo e ungiu-o no meio dos seus irmãos. E, a partir daquele momento, o Espírito do Senhor apoderou-se de Davi”.

A unção vem de Deus. Peçamos a Ele que nos unja com Seu Espírito. Que o Espírito Santo seja em nós como aquele óleo que caiu sobre Davi. Que o Espírito Santo apodere-se de nós, nos ensinando o que fazer e nos dando a Graça de permanecermos em Deus, sendo como um escudo, para que o maligno não nos toque. Amém!

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *