O fato de sermos de Deus, não nos isenta de fazermos a nossa parte.

O capítulo 4 do primeiro livro de Samuel, narra a tomada da Arca da Aliança de Israel, por parte dos Filisteus, impondo a Israel uma gigantesca derrota, numa batalha sangrenta: “O povo mandou, pois, buscar em Silo a arca da aliança do Senhor dos exércitos, que se senta sobre querubins. Os dois filhos de Heli, Ofni e Finéias, acompanhavam a arca da aliança de Deus. Quando a arca do Senhor entrou no acampamento, todo o Israel rompeu num grande clamor, que fez tremer a terra. Os filisteus, ouvindo-o, disseram: Que significa esse grande clamor no acampamento dos hebreus? E souberam que a arca do Senhor tinha chegado ao acampamento. Então tiveram medo e disseram: Deus chegou ao acampamento. Ai de nós! Até agora nunca se viu coisa semelhante! Ai de nós! Quem nos salvará da mão destes deuses poderosos? São eles que feriram os egípcios com toda a sorte de pragas no deserto. Coragem, ó filisteus! Portai-vos varonilmente, não suceda que sejais escravizados aos hebreus como eles o são a vós. Sede homens e combatei. Começaram a luta e Israel foi derrotado, fugindo cada um para a sua tenda. Houve um espantoso massacre, tendo caído de Israel trinta mil homens de pé. A arca de Deus foi tomada e os dois filhos de Heli, Ofni e Finéias, pereceram” – 1 Samuel 4, 5-11.

A pergunta que fica é o por quê desta derrota humilhante sobre Israel, uma vez que, a Arca da Aliança estava com eles e o próprio povo filisteu reconhecia a presença de Deus ali, dizendo que Deus chegou ao acampamento. Ai de nós! Até agora nunca se viu coisa semelhante! Ai de nós! Quem nos salvará da mão destes deuses poderosos?” Provavelmente, Israel foi derrotado por dois fatores: Primeiro, o orgulho. A Arca da Aliança, Deus estava com eles, eram por isso, imbatíveis. Segundo, o comodismo. Relaxaram, baixaram a guarda, subestimaram o inimigo. Como a Arca da Aliança estava com eles, esperavam que Deus fizesse tudo por eles, como um empregado ou como um passe de mágica.

Pois bem, enquanto Israel dava por certo a vitória sobre os Filisteus por conta da presença da Arca da Aliança, os Filisteus resignados, reconheciam o poder de Israel, mas se preparavam e se motivavam dizendo uns aos outros, “Coragem, ó filisteus! Portai-vos varonilmente, não suceda que sejais escravizados aos hebreus como eles o são a vós. Sede homens e combatei“. Note que os Filisteus tinham uma motivação: “não suceda que sejais escravizados aos hebreus“; enquanto Israel esperava, por causa da Arca da Aliança, que milagrosamente, sem se preparem, venceriam.

Para nós fica a lição: O fato de sermos de Deus, de caminharmos com Ele, de rezarmos, de experimentarmos os sacramentos, não nos isenta de nos prepararmos, de fazermos a nossa parte. Se assim não fizermos, seremos derrotados vergonhosamente pelo inimigo.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *