Rasgando o coração

A liturgia da quarta-feira de cinzas na Igreja Católica nos apresenta o profeta Joel, que nos diz: “Por isso, agora ainda – oráculo do Senhor – voltai a mim de todo o vosso coração, com jejuns, lágrimas e gemidos de luto. Rasgai vossos corações e não vossas vestes; voltai ao Senhor vosso Deus, porque ele é bom e compassivo, longânime e indulgente, pronto a arrepender-se do castigo que inflige” – Joel 2, 12-13 – A palavra de Joel nos fala por duas vezes do coração, ao nos dizer: “voltai a mim de todo o vosso coração” e “Rasgai vossos corações e não vossas vestes“.

A ênfase que o profeta Joel dá ao coração, é porque o nosso processo de conversão precisa ser consciente e total. O coração aqui citado, representa o homem que reflete e que toma decisões com pleno conhecimento de causa, ou seja, conversão é um ato interior, uma decisão, um passo rumo a uma vida nova, que não pode ser confundida com gestos exteriores. Estes são úteis e por vezes necessários, enquanto instrumentos de transformação interior.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *