Deus aponta o caminho, mostra a direção, mas não interfere em nossa liberdade de escolha.

Deus intervém em nossa vida quando Lhe permitimos que o faça. As decisões e escolhas serão sempre nossas. E sabendo Deus o que é melhor para nós, no livro do Deuteronômio, Ele nos diz: “ponho diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição. Escolhe, pois, a vida…” Deuteronômio 30, 19.

Note que Deus aponta o caminho, mostra a direção, mas não interfere em nossa liberdade de escolha. Encontramos assim, no Catecismo da Igreja Católica, que “pelos seus atos deliberadosapessoa humana conforma-se, ou não, com o bem prometido por Deus”. CIC 1700. Sendo assim, Deus dispõe o bem, enquanto satanás dispõe o mal, cabendo a cada um de nós fazer a escolha.

Portanto, se queremos a vida, a bênção, precisamos nos aproximar de Deus. É por esta proximidade, e contato com Deus que obteremos sucesso em momentos de escolhas e decisões, pois estaremos familiarizados com Sua voz, não caindo assim, diante da voz sedutora do maligno que tende a nos levar à morte.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *