Como superar um sofrimento

O profeta Isaías ao falar do servo sofredor (que é uma prefiguração de Jesus), nos trás uma reconfortante proclamação, feita por alguém que não se abate, nem perde a esperança diante do sofrimento: “Mas o Senhor Deus é o meu Auxiliador, por isso não me deixei abater o ânimo, conservei o rosto impassível como pedra, porque sei que não sairei humilhado”. Isaías 50, 7.

O sofrimento, seja ele de que origem for, nada mais é, que um peso que cai sobre a pessoa. Esse peso se reflete emocionalmente, espiritualmente e também fisicamente. A narrativa do profeta Isaías, mostra uma pessoa determinada a sair da situação de sofrimento que está vivendo, ao dizer que “o Senhor Deus é o meu Auxiliador, por isso não me deixei abater o ânimo…” Note que há da parte do sofredor, uma determinação. Ele se determinou a não se deixar abater o ânimo. Etimologicamente, a palavra “ânimo” vem do latim animus, que significa “alma”, “coragem” ou “mente”. Este termo latino, por sua vez, deriva da raiz Indo-Europeia ANE-, que quer dizer “respirar” (ação típica de todos os seres animados, ou seja, que estão vivos). Como o sofredor consegue vencer o sofrimento? Não deixando que seu ânimo seja abatido – literalmente mantendo viva sua fé, sua esperança, seus sonhos, seus projetos…

Seja qual for o sofrimento, não se deixe abater o ânimo, em primeiro lugar, recorde outros sofrimentos vividos que você superou e em segundo lugar, foque em uma ideia, um projeto, um sonho que você tem – focar é saber dizer não – diga não ao sentimento de fracasso, de que está tudo perdido, de desistir de viver.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *