Como viver em equilíbrio.

O livro dos provérbios trás um belíssimo entendimento sobre a Providência Divina, ao pedir a Deus: “não me dês pobreza nem riqueza, mas concede-me o pão que me é necessário. Não aconteça que, saciado, eu te renegue e diga: ‘Quem é o Senhor?’ Ou que, empobrecido, eu me ponha a roubar e profane o nome de meu Deus”. Provérbios 30, 8b-9

Ter de menos ou em demasia pode ocasionar que a pessoa se distancie de Deus. Por isso, o segredo é se abandonar à Divina providência. O Catecismo da Igreja Católica explica a Divina Providência como as disposições pelas quais Deus conduz a Sua criação em ordem a essa perfeição: “Deus guarda e governa, pela Sua providência, tudo quanto criou, atingindo com força, de um extremo ao outro, e dispondo tudo suavemente” (Sb 8,1), porque “tudo está nu e patente a seus olhos” (Hb 4,13), mesmo aquilo que “depende da futura ação livre das criaturas” (CIC 302).

Neste sentido, quanto mais confiantes e abandonados à Divina Providência, mais realizados seremos, pois não teremos nada em mais, nem de menos e sim, uma vida em equilíbrio e consciente daquilo que nos é necessário.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *