A pessoa que ora, prostra diante de Deus qualquer situação

“Quando os espíritos imundos o viam, prostravam-se diante dele” – Marcos 3, 11.

Até os espíritos maus quando viam Jesus, se prostravam diante d’Ele, ou seja: lançavam-se ao chão em uma postura de reconhecimento da Sua soberania e com isso, deixavam a pessoa a qual atormentavam.

Nossa espiritualidade, nossa vida de oração, nada mais é que fazer prostrar diante de Jesus, uma situação, um acontecimento ou mesmo uma pessoa pela qual se esteja intercedendo. Sendo assim, orar é reconhecer a soberania de Jesus, Seu poder, Seu amor, Sua misericórdia. A pessoa que ora, prostra diante de Deus qualquer situação, acontecimento ou pessoa que se levante; por isso, a melhor e maior arma que temos para vencer inimigos carnais e espirituais, sempre será a oração. Por ela, curvamos diante do Senhor, tudo que se agiganta contra nós. Amém!

Edson Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *