Para obter êxito em qualquer coisa, precisamos lhe dar prioridade.

“Dirigiram-se em seguida a uma casa. Aí afluiu de novo tanta gente, que nem podiam tomar alimento. Quando os seus o souberam, saíram para o reter; pois diziam: ‘Ele está fora de si'”. Marcos 3, 20-21

A intensidade da missão de Jesus fazia com que Ele e Seus discípulos se desligassem de atividades comuns, como comer em hora determinada e, certamente, distanciarem-se da vida rotineira de encontros, relacionamentos e atividades, diante das quais, os Seus estavam acostumados a vê-Los fazer; diante disso, a explicação que encontraram, era que Ele estava “fora de si” – que tivesse enlouquecido ou mesmo que tinha se tornado um fanático.

Ser de Deus, seguí-Lo e viver de acordo com Seu desejo, exige renúncia de palavras, gestos, atitudes, relacionamentos e até mesmo de determinadas atividades. Isso não significa que ser de Deus é isolar-se. É uma questão de priorizar, como em tudo na vida que queremos obter êxito: se não priorizarmos, não alcançaremos os objetivos, pois priorizar é a condição daquilo que está em primeiro lugar, que se tem mais urgência ou necessidade de fazer.

Jesus não estava fora de si como pretendiam Seus parentes e sim, priorizando aquilo que Lhe foi confiado, a missão a qual Ele precisava realizar; e logicamente, todas as outras coisas não Lhe eram mais importantes, o que despertava inveja, ciúme e até mesmo, acusação de fanatismo.

A realização de uma pessoa se dá, quando ela toca naquilo que é prioridade. E assim, todas as outras coisas “interessantes” que surgem, perdem espaço.

Edson Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *