Para onde você vai quando fica aflito?

“Os pais de Jesus iam todos os anos a Jerusalém, para a festa da Páscoa. Quando ele completou doze anos, subiram para a festa, como de costume. Passados os dias da Páscoa, começaram a viagem de volta, mas o menino Jesus ficou em Jerusalém, sem que seus pais o notassem. Pensando que ele estivesse na caravana, caminharam um dia inteiro. Depois começaram a procurá-lo entre os parentes e conhecidos. Não o tendo encontrado, voltaram para Jerusalém à sua procura. Três dias depois, o encontraram no Templo“. Lucas 2, 41-46a

Jesus aos 12 anos se perde dos seus pais, que aflitos, depois de três dias O encontram no Templo. Certamente, foram os piores dias da vida de Maria e José, diante do medo de nunca mais encontrar o filho; ao mesmo tempo, toda aquela aflição e medo caem por terra ao reencontrá-Lo no Templo. Também Jesus, com certeza ficou aflito ao se perder dos seus pais e por isso, foi ao Templo.

O acontecimento registrado pelo evangelista Lucas, nos mostra o grande exemplo de para onde devemos ir nos momentos de aflição (sofrimento causado por desgosto, tristeza ocasionada por alguma dificuldade, excesso de preocupação; ansiedade, angústia, quando nos sentimos perdidos): devemos ir ao encontro do Pai do Céu. N’Ele temos consolação e a solução para aquilo que nos aflige.

E aqui deixo a pergunta: Para onde você vai quando fica aflito?

Edson Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *