A condenação só existe para quem insiste em permanecer no erro

“Foi ela que protegeu o primeiro homem, pai do mundo, que fora criado em
solidão; levantou-o de sua queda e lhe deu poder dê tudo dominar”. Sabedoria 10, 1-2

Mesmo depois de ter pecado, Adão foi amparado por Deus, que em Sua misericórdia o reergueu e lhe deu a Graça de recomeçar; nos mostrando assim, que a condenação só existe para quem insiste em permanecer no erro. E neste caso, não é Deus quem o condena, mas a pessoa se condena a si próprio.

Que tal retomar a vida? Não se prender nos erros acontecidos, erguer a cabeça e dar a si próprio uma chance?

Edson Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *